Como criar um relatório de slots de memória RAM livres x slots ocupados no SCCM 2007

11 de agosto de 2011 Deixe um comentário

Em resumo, para criar um relatório de slots livres de memória RAM x slots de memória RAM ocupados no System Center Configuration Manager 2007, 3 passos básicos são necessários:

1 editar o arquivo do SCCM SMS_def.MOF que fica em <ConfigMgr install directory>\inboxes\clifiles.src\hinv . Para que o SCCM colete essa informação ( por padrão não coleta) inserir as seguintes linhas:

[SMS_Report (TRUE),
SMS_Group_Name (“Physical Memory”),
SMS_Class_ID   (“Microsoft|Physical_Memory|1.0”)]

class Win32_PhysicalMemory : SMS_Class_Template
{
[SMS_Report (TRUE)] string BankLabel;
[SMS_Report (TRUE), SMS_Units(“Megabytes”)]  uint64 Capacity;
[SMS_Report (TRUE)] string Caption;
[SMS_Report (TRUE)] string DeviceLocator[];
[SMS_Report (TRUE)] uint16 FormFactor;
[SMS_Report (TRUE)] string Manufacturer;
[SMS_Report (TRUE)] uint16 MemoryType;
[SMS_Report (TRUE)] uint32 PositionInRow;
[SMS_Report (TRUE)] uint32 Speed;
[SMS_Report (TRUE),Key] string    Tag;
[SMS_Report (TRUE),Key] string    CreationClassName;
};

Leia mais…

Anúncios
Categorias:SCCM 2007

Afinal, o que é criado no container System Management pelo SCCM 2007?

25 de abril de 2011 Deixe um comentário

Após criar o container System Management,  dar as permissões necessárias e habilitar o SCCM para publicar informações do site, você pode verificar que algumas informações são publicadas para o Active Directory Domain Services usando 0 Active Directory Service Interfaces (ADSI Edit). Mas afinal o que é publicado dentro deste container?

Analizando o container System Management veremos que os atributos com informações do Management Point, Server Locator Point que serão publicadas em cada Site no  Dominio. Clicando em propriedades em CN=SMS-Site-<site code>

Caso você não visulizar esses atributos, verifique o log hman.log.

Leia mais…

Categorias:SCCM 2007

Treinamento SCCM 2007 vpro

18 de abril de 2011 Deixe um comentário

Para quem quer entender um pouco mais da tecnologia  VPro  da Intel e seu gerenciamento pelo SCCM 2007 SP1 vale a pena assistir o vídeo da comunidade da Intel http://www.vproexpert.com/sccm_vpro/introduction/introduction.html. Conceitos como provisionamento, AMT, Discovery, redirecionamento IDE, certificado WEB AMT, vpro,etc  serão explicados no idioma Inglês.

Have Fun!!!

Categorias:SCCM 2007

Alterando o perfil do usuário para outra partição via Task sequence

15 de fevereiro de 2011 2 comentários

Após algum tempo ausente no blog, resolvi começar neste ano postando um material sobre deployment de Windows 7:

Para que você consiga fazer com que o perfil da pasta C:\Users seja migrado para D:\Users ou outro diretório pela Task Sequence do SCCM, você precisa basicamente movimentar a pasta Users e alterar os registros pertinentes para que toda vez que um usuário realize o logon seja criado o seu perfil automaticamente na nova pasta de destino. O pensamento mais lógico e prático pode dizer que basta realizar esse procedimento na imagem de referência e capturar-la, entretanto essa ação pode gerar diversos problemas no deployment da imagem pois o SCCM utiliza-se do DISM para a distribuição da imagem e o erro de DISM 0x80070003 (que pode ser visto em http://support.microsoft.com/kb/2293874 ) pode tirar seu sono para ser resolvido.  

Apesar de realizar a mudança de perfil na maquina de referência não ser suportado, esse simples passo pode ser realizado de diversas formas. A Microsoft recomenda o uso do Sysprep com a utilização de um arquivo de resposta XML  (que irei tratar em um post futuro). No entanto colocarei aqui a forma mais rápida, não suportada mas funcional, da sequência de boot e scripts que devem ser executados  na task sequence:

1 – Copia Pasta do Perfil do C: para o D:

robocopy /mir /xj e:\Users D:\Users /move

2 – Reinicia o computador solicitando para iniciar pelo sistema Operacional instalado
3 – Altera os registros de Perfil

REG ADD “HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList” /v “Default” /t REG_EXPAND_SZ /d D:\Users\Default /f
REG ADD “HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList” /v “ProfilesDirectory” /t REG_EXPAND_SZ /d D:\Users /f
REG ADD “HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\ProfileList” /v “Public” /t REG_EXPAND_SZ /d D:\Users\Public /f

4 – Reinicia o computador solicitando para iniciar pelo sistema Operacional instalado

Bom, por hoje é só pessoal!!!

Até o próximo post!

Categorias:Deployment

O significado dos ícones nos updates no SCCM 2007

21 de dezembro de 2010 Deixe um comentário

Quando configurada a Site System de Sotware Update,  diferentes ícones de objetos são exibidos (atualizações de software, Update Lists, deployment templates, etc) . Isso fornece uma maneira fácil de determinar o estado de um objeto de acordo com o  ícone exibido na console do Configuration Manager. Como tenho memória fraca, resolvi postar aqui um material da  documentação oficial que pode ajudar muita gente desmemoriada como eu a entender o significado de cada estado dos ícones de Software Update. 🙂

Além deste há outros ícones de Update Lists, Deployments, Templates e Pacotes  se alteram de acordo com seu estado, para mais detalhes acesse http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb633260.aspx

Abraços!!!

Categorias:SCCM 2007

Relatórios e clients utilizam o recurso Desired Configuration Manager do SCCM 2007 reportam o Compliance State como Unknown

18 de dezembro de 2010 Deixe um comentário

O  recurso Desired Configuration Manager envolve um processo de checagem nas estações que possuem cliente de SCCM e valida se a máquina é compativel com configurações desejadas (baselines) reportando o Compliance State  como Compliance ou Non Compliance em forma de relatórios ou apresentação direta no cliente do SCCM. Entretanto muitas vezes o Compliance State do client aparece como desconhecido, ou seja “Unknown” . A Microsoft recomenda uma série de ações que podem ser feitas conforme documento que pode ser visto no endereço http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb680801.aspx.

No entanto, é comum o status Unknown continuar aparecendo em clientes mesmo  após todos os itens configurados estarem aparentemente  corretos. Ao analizar o KB http://support.microsoft.com/kb/937532/en-us cheguei a conclusão que algum bug  ou algo do tipo  impede que uma grande quantidade de Configuration Itens  em uma única Baseline  seja executado pelo cliente do SCCM. Minha experiência prática contradiz esse KB na quantidade descrita de Updates que podem ser instalados pois em todos os testes que realizei, a quantidade limite de Updates que pode ser colocada em uma Baseline é de aproximadamente 20 e não 300 como descrito. É como se cada Update tivesse a validade de 15 Configuration Items.

Portanto fica a dica, se você passar pela mesma situação de status de Unknown na checagem (se é Compliance ou não) com as baselines de updates configure um limite de  no máximo 20 Updates, ou seja  300 CIs!!

Categorias:SCCM 2007

Publicando o OWA no TMG/ISA Server com certificado privado – Parte2 – Criando Web Listener

15 de dezembro de 2010 Deixe um comentário

Dando sequência a série de Publicação do TMG, iremos criar o Web Listener para a publicação do OWA , OAB, Outlook Anywhere, etc. A grande vantagem de se criar uma regra de publicação com o Listener é a segurança e gerenciamento que ele proporciona na borda. Ou seja, ao criar um web listener a autenticação e o acesso direto à aplicação ocorre entre o TMG e o seu servidor de autenticação (ADDS,ADLDS,RADIUS,etc)  e a aplicação e não diretamente na aplicação publicada. Esta ação reduz a superfície de ataque e aumenta o nível de segurança de teu ambiente  pois os clients não precisam “entrar ” no seu ambiente para acessar sua aplicação. Além disso, é possivel proporcionar autenticação integrada entre diferentes sites com o mesmo user/password através do Single Sign On, tudo isso sem contar os logs que são gerados que permitem uma análise bacana do uso do listener, enfim, chega de teoria e vamos à pratica. Acesse seu servidor de TMG e mão na massa:

Selecione  na barra de ferramentas da direita Toolbox, Network Objects, New, Web Listener

Digite o nome do seu Web Listener e selecione Next

Selecione o tipo de conexão de web listener que será estabelecida nas conexões com clients, no caso Require SSL secured connections with clients para que possamos utilizar certificado e uma comunicação segura

 

Selecione a rede que o listener estará “escutando” e aguardando conexões para o Exchange Server. Neste caso All Networks. Selecione o check box caso desejar rhabilitar compressão dos pacotes enviados aos clients através deste Web listener

  

Caso a importação tenha sido realizada da forma descrita anteriormente o certificado que foi importando aparecerá como Valido. selecione o certificado e Select.

 

Caso desejar especificar certificados diferentes para endereços IPs e redes diferentes selecione a opção Assign a certificate for each IP address. No nosso exemplo iremos atribuir somente o certificado importado para o Web Listener portanto selecione Use a single certificate for this Web Listener

 

Selecione as opções de autenticação desejada. Neste exemplo iremos utilizar os métodos mais simples de publicação, o que não significa que seja o mais adequado ao seu ambiente. Níveis mais avançados de segurança como a validação com RADIUS ou LDAP podem ser melhores ementes quando se exige autenticações em locais diferentes do AD por exemplo. Selecione Html for Authentication e um formulário web será apresentado ao se conectar no endereço publicado.  Clique no método Windows para validar credenciais de clients e Next

  

Caso você planejar utilizar este Web Listener para publicar outros websites com a mesma autenticação você pode habilitar uma autenticação unificada através de SSO. Como no nosso caso o web site será único, ou seja, mail.contoso.com. Clique em Next.

  

Clique em Finish

 

Parabéns, agora seu Web Listener está pronto para ser publicado na regra de Publicação!!!Só falta criar a regra na próxima etapa.Abs!!!!!!!!!

Categorias:ISA/TMG